É bíblico falar em “obedecer ao evangelho”, embora eu me entristeça em admitir que a maneira como eu mais tenho usado essa frase não é lá muito bíblica. Eu muitas vezes disse e digo, quando alguém era batizado, que “Fulano obedeceu ao evangelho”, como se a obediência ao evangelho fosse atingida ao ser batizado. Essa não é uma maneira muito bíblica de se falar de alguém “obedecendo ao evangelho”. É muito mais do que ser batizado, porque uma pessoa nunca termina de obedecer ao evangelho.

Você Nunca Termina de Obedecer ao Evangelho

O que é o Evangelho?

As pessoas frequentemente dizem que o evangelho é “a morte, o sepultamento e a ressurreição de Jesus”. 1 Coríntios 15:1–5 é citado com frequência para provar este ponto. Mas espere, vamos prestar atenção ao que Paulo realmente diz nessa passagem:

Irmãos, quero lembrá-los do evangelho que preguei a vocês, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. Por meio deste evangelho vocês são salvos, desde que se apeguem firmemente à palavra que preguei; caso contrário, vocês têm crido em vão. Pois o que primeiramente lhes transmiti foi o que recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia, segundo as Escrituras, e apareceu a Pedro e depois aos Doze.

A palavra “evangelho” significa “boas novas” ou “boa notícia”. Paulo está lembrando os coríntios da Boa Nova que pregou para eles. Ele não diz o evangelho é a morte, o sepultamento e a ressurreição de Jesus, mas que estes são “de primeira importância” para a mensagem do evangelho. A morte, o sepultamento e a ressurreição certamente estão no centro do evangelho, mas não é certo afirmar que “o evangelho é a morte, o sepultamento e a ressurreição de Jesus”. Isso é simplificar demais as coisas (um erro do qual eu também sou culpado).

Há uma pedra em Priene, na Turquia, com uma inscrição que data do ano 9 a.C. A inscrição fala do nascimento de César Augusto. Ela diz que Augusto é um deus e o salvador do mundo. Diz ainda que o seu aniversário sinalizou “o começo de boas novas para o mundo”. A palavra usada nesta inscrição para “boas novas” é a mesma palavra que o Novo Testamento usa a respeito de Jesus (euangelion).

Se você realmente quer um resumo do evangelho, você pode considerar uma passagem como Colossenses 1:15–20. Esta é a Boa Nova:

[Cristo] é a imagem do Deus invisível, o primogênito sobre toda a criação, pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos sejam soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, que é a igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a supremacia. Pois foi do agrado de Deus que nele habitasse toda a plenitude e por meio dele reconciliasse consigo todas as coisas, tanto as que estão na terra quanto as que estão nos céus, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz.”

O evangelho é a Boa Nova de que o Filho de Deus veio ao mundo. Enquanto esteve no mundo, ele fez a paz pelo sangue de sua cruz. Ele foi ressuscitado dos mortos e agora governa sobre todas as coisas. O evangelho é que Jesus é o Messias vitorioso, o Ungido.

De fato, a morte, o sepultamento e a ressurreição acham-se no centro dessa mensagem, mas a mensagem é mais do que apenas essas três coisas.

Obedecendo ao Evangelho

Isto nos leva de volta à nossa pergunta: “O que significa obedecer ao evangelho”? Há três passagens que falam da obediência ao evangelho. Curiosamente, todas as três passagens usam esta frase em um sentido negativo. Todos eles falam do Senhor punindo aqueles que “não obedecem ao evangelho” (ver Romanos 10:16; 2 Tessalonicenses 1:8; 1 Pedro 4:17).

Vamos considerar uma dessas passagens. Em 2 Tessalonicenses, Paulo está escrevendo para a igreja em Tessalônica que está sofrendo. Ele próprio tinha testemunhado pessoalmente a resistência ao evangelho naquela cidade (veja Atos 17:1–9). Em sua segunda viagem missionária, Paulo tinha ido à sinagoga em Tessalônica e discutiu com os judeus dali, dizendo: “Este Jesus que proclamo é o Cristo” (Atos 17:3). Mas os judeus incitaram uma multidão contra Paulo e Silas e arrastaram alguns dos discípulos para diante dos oficiais da cidade.

Mais tarde, quando Paulo escreve aos tessalonicenses, ele diz: “… nós nos gloriamos em vocês entre as igrejas de Deus pela perseverança e fé demonstrada por vocês em todas as perseguições e tribulações que estão suportando” (2 Tessalonicenses 1:4). Ele lhes assegurou que Jesus haveria de acertar as contas quando voltar. O Senhor Jesus retornará “em meio a chamas flamejantes” e “punirá os que não conhecem a Deus e os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus” (2 Tessalonicenses 1:8).

Paulo menciona dois grupos que serão punidos. O primeiro são “os que não conhecem a Deus”. Com isto ele se refere aos “gentios que não conhecem a Deus” (1 Tessalonicenses 4:5, NAA). E então ele menciona “os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus”. Isto se refere especialmente aos judeus. Eles eram os que conheciam a Deus, de certa forma, mas se recusavam a se submeter à Boa Nova de que Jesus reina.

Na verdade, a palavra “obedecer” aqui está num tempo verbal no presente no grego, o que indica uma ação contínua. Na versão inglesa Tradução Literal de Young, lê-se: “os [que] não [estão] obedecendo às boas novas de nosso Senhor Jesus Cristo”.

Continue a Obedecer ao Evangelho

Obedecer ao evangelho significa aceitar o fato de que toda autoridade no céu e na terra foi dada a Jesus. Significa tornar-se discípulo dele. Discuta a importância de ser batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Significa observar tudo o que ele ordenou (veja Mateus 28:18–20). Esta foi a mensagem da Boa Nova que os apóstolos proclamaram ao mundo.

Obedecer ao evangelho não é o tipo da coisa que uma hora você termina de fazer. O evangelho é algo a que você ou está sendo obediente, neste exato momento — ou não está. A pergunta não é: “Você obedeceu ao evangelho?” Pergunte-se:

“Você está vivendo em obediência ao evangelho?”

Deus te ama e eu também,

Wes McAdams

Pin It on Pinterest

Share This